Sou quem eu gostaria de ser?

Após levar muitos "não's" ao longo da minha vida, parei pra pensar sobre onde eu gostaria de estar 6 anos atrás. Eu tinha 10 anos, provavelmente no meu primeiro ano de blog, conhecendo as primeiras regras gramaticais e me apaixonando por um blogzinho que eu mesma criei e esperava hoje ter muito reconhecimento com ele, em seis anos eu deixei esse meu "cantinho do desabafo" pro lado e comecei a viver a vida real, a vida de uma pré-adolescente comum, os primeiros amores, as primeiras festas, e as primeiras grandes decisões. Como eu me imaginava com 16 anos? Não vou mentir, eu sonhava (e até hoje sonho) muito alto, imaginava estar dando início a uma carreira de sucesso, assim como grandes atrizes, modelos e cantoras que começaram a ganhar destaque em seus 15 á 16 anos para frente, mas com todos esses anos passados, a única coisa que realmente mudou, foi a minha percepção de sonho. Sonho não é aquilo que você quer ou queria ter/ser há muito tempo atrás, sonho é (ou pelo menos têm que ser) aquilo que você tem ânimo o suficiente para ir atrás, porque se você investe naquilo, é porque realmente o almeja, e aí você consegue realizá-lo.
É difícil dizer se a Patrícia de 6 anos atrás se orgulharia de se ver hoje morando na mesma casa, no mesmo bairro e arrisco dizer até com o mesmo corpo haha! Mas a vida prossegue, ela não para, e talvez o que eu desejava para mim anos atrás, não fosse o que eu realmente precisasse ou vice-versa.
Daqui mais 6 anos, com 22 anos, talvez esteja até escrevendo nesse mesmo blog que hoje não é mais tão atualizado quanto em 2011, ou quem sabe ele nem exista mais, nem mesmo meus sonhos atuais, as decepções vão mudar, os amigos, os amores, mas não podemos perder a essência, aquele fundinho de esperança e perseverança, que nos traz aqui, depois de anos sem dar as caras, de reescrever um simples pensamento que estava guardado naquela parte bem escondida do cérebro, que com os problemas e acontecimentos da vida, nos faz esquecer da existência e perder o foco, que nos lembra quem realmente somos, o que realmente amamos e quem definitivamente está conosco.
Afinal, estamos em constante mudança, nunca sabemos quem somos, a vida muda e nos molda conforme os dias passam, hoje posso não acreditar, amanhã posso realizar, a gente nunca sabe, a gente nunca espera, apenas acontece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentários agradáveis!
Isso me incentiva ainda mais a postar coisas de bom conteúdo!

Equipe
-Patrícia
-Stephanie